#Infográfico – O Amor nos Tempos de Internet

Recebemos da agência AD.Dialeto um infográfico bem bacana que eles produziram, vale a pena dar uma olhada!

Veja as considerações que eles fizeram…

“Quem nunca fez uma serenata, mandou uma carta e pediu a mão de sua bela amada para o pai da senhorita? Ninguém? Não? SÉRIO?! É, as coisas mudaram. Até mesmo para o amor…

Ele ainda está presente (e muito, acredite!). Mas, como tudo na vida, precisou adaptar-se aos novos tempos. Se antes a burocracia social era maior, hoje o contato é constante. Seja físico ou virtual. A cada 5 minutos, rola uma mensagem, um comentário, um RT, um cutuco.

Então decidimos fazer uma pequena pesquisa (ok, ela foi kinda grande e levou um tempinho) para podermos comparar: como era antes e como é, hoje, o afeto, o namoro, o cortejo, o flerte e toda a lábia para que o amor se manifeste, ainda que na internet… ;)”

 

Eai curtiu?

.

@mikebigode

Morte de Bin Laden gera 5,1 mil tweets por segundo

Se na semana passada foi difícil para os internautas fugir do Casamento Real, entre a noite de domingo e durante toda esta segunda-feira foi praticamente impossível ignorar a morte do líder terrorista Osama Bin Laden.

A perceptível mudança de foco quanto à cobertura midiática fez com que o tráfego nos sites noticiosos desse um salto, de acordo com o Mashable.

A Akamai’s Net Usage Index, rede responsável por medir o tráfego de importantes portais no mundo e para os quais fornece conteúdo, registrou 4,1 milhões de page views por volta das 23h30 de domingo, enquanto o presidente Obama fazia o pronunciamento.

De acordo com a empresa, o fenômeno representa aumento de 28% no tráfego norte-americano e 24% no mundo, se comparado às médias normais.

Por representar apenas os sites sob a guarda da Akamai, o aumento pode não ter sido acompanhado pelos sites em geral com tanta força, mas nas redes sociais o assunto foi campeão.

Mais de 350 mil pessoas “curtiram” no Facebook a página que anuncia a morte de Bin Laden. E o Twitter registrou seu terceiro recorde de usabilidade do ano.

De acordo com a CNN, 5,1 mil tweets foram enviados por segundo por causa do discurso de Obama. Isso coloca o acontecimento atrás apenas da virada do ano no Japão (6,9 mil TPS)

Fonte: AdNews