#Nissan – Os pôneis malditos voltaram…

Pôneis Malditos 2

Depois do sucesso do ano passado com os Poneis Malditos, a Nissan volta em 2012 seguindo o mesmo conceito novamente para apresentar a nova Frontier 2013!

Mas será que bater na mesma tecla do viral novamente vai dar certo?

Vamos acompanhar…

Assista ao vídeo:

E você, o que achou?

Sucesso again, ou BigFail?

.

@MikeBigode

 

De onde surgem os nomes das grandes marcas?

Uma explicação de como as grandes marcas deram “nomes aos bois” ! 🙂

Está em inglês, se você não sabe ler em inglês o nome deste blog se adéqua muito bem a você!

Aproveite!

Por: @mikebigode

Nissan: Pôneis Malditos – Seria mais uma idéia copiada?

O comercial Pôneis Malditos criado pela agencia Lew’Lara/TBWA e veiculada na TV e na internet virou um fenômeno tanto na internet quanto na TV.

Mas ai surge um comercial antigo, e o pensamento que não sai da cabeça é: Seria mais uma vez um plágio?

Confira abaixo o comercial da Nissan:

Agora confira o vídeo de um antigo comercial que possui a mesma ideia do comercial da montadora.

Ok, concordamos que o comercial antigo possui uma outra identidade e objetivo, mas e o conceito?

Fica a pergunta…

O que vocês acham?

Nissan – Pôneis Malditos

“Você quer uma picape que tenha cavalos ou pôneis?” Com essa pergunta, a Nissan do Brasil lançou nesta sexta-feira, dia 29, mais uma campanha bem humorada e irreverente, criada pela Lew’LaraTBWA, para destacar os diferenciais da Frontier.

A campanha conta com filme de 30” para TV aberta e fechada. Também há uma versão especial para internet, que traz um extra bem humorado: “Será a ‘Maldição do Pônei’, um vídeo que deve ser encaminhado imediatamente para 10 pessoas ou a maldição pegará em você”, explica Manir Fadel, vice-presidente de Criação da Lew’LaraTBWA. A campanha “Pôneis Malditos” faz grande sucesso na internet e fica nos Trends mundial do Twitter.

Nissan e Renault: E se todas as coisas fossem movidas a gasolina?

Nesse filme, a Nissan mostra como seria o mundo se tudo fosse movido a gasolina: do seu despertador ao secador de cabelo, do iPod ao computador.

Além da ideia ser bem ilustrativa do quanto é uma forma suja de energia, percebam como fazem toda a questão de mostrar um Volt da Chevrolet no posto.

O carro da concorrente é híbrido, também utiliza gasolina, e o LEAF da Nissan é 100% elétrico.

Renault lançou um comercial igual – que eu gosto menos, aliás – ao mesmo tempo que a Nissan. Não se trata de plágio, as duas empresas formam uma aliança industrial, e pelo jeito decidiram economizar na verba de criação.

Fonte: Brainstorm9

Nissan volta a cutucar concorrência

Assista ao comercial criado pela Lew’Lara\TBWA para Nissan, que chegou à telinha neste fim de semana.

O filme continua a cutucar as montadoras rivais e, desta vez, a crítica é para a maneira como a concorrência “enxerga e minimiza as necessidades reais do consumidor brasileiro”, segundo a Nissan.

O enredo mostra um gigante vestido como um executivo e invadindo uma cidade, onde ele visualiza os habitantes como “formiguinhas”. E lança o questionamento: “Os concorrentes da Nissan são gigantes. E como os gigantes, lá de cima, enxergam as pessoas aqui embaixo?”.

A agência também criou duas ações para internet. Uma delas é a versão exclusiva do filme para internet, com um extra. Em determinado momento do comercial, o internauta é convidado a ver uma mulher-formiga cantando e dançando um funk, criado especialmente para a campanha. Depois que a cena acaba, o filme segue de onde parou.

A outra ação é um banner interativo que estará no Yahoo! durante esta segunda-feira (02). Os internautas poderão testar suas habilidades em um jogo Tetris, cujas peças serão substituídas por formiguinhas – uma referência à nova campanha.

Ao ser vencido pelo game, o jogador visualiza a mensagem “Falta espaço né? As gigantes concorrentes não pensam em espaço. Por isso tratam você como formiguinha”.

Ficha Técnica:

Agência: Lew, Lara / TBWA Publicidade S/A

Título: Gigante Concorrente

Cliente: Nissan do Brasil

Produto: Nissan Livina

Criação: Cesar Herszkowicz / Max Geraldo

Direção de criação: Jaques Lewkowicz, Manir Fadel, Luciano Lincoln

Atendimento:  Alexandre Baroni / Fabricio Takahashi

RTV: Mayra De Lutiis / Dani Toda / Regina Shnaider / Cristiane Leopacci

Produtora de Filme:  Produtora Associados

Direção do Filme: Rodrigo Lewkowicz

Direção de Fotografia: Lito

Montagem: Rafael Carvalho

Produtora de som: Satélite Áudio

Animação/Finalização: Equipe Produtora Associados

Atendimento Produtora: Fernanda Gomes / Mariana Fiordelice

Planejamento: Renata d’ Avila / Felipe Senise

Mídia: Eduardo Shinohara / Suellen Kiss / Luana Gallizzi

Aprovação Cliente:  Murilo Moreno, Heloisa Silva, Rejane Lemes

Digital

Criação: Isabel Zynes  / André Barreiros

Direção de criação: Jaques Lewkowicz, Manir Fadel, Luciano Lincoln

Atendimento:  Alexandre Baroni / Maureen Gonzales

Mídia: Kauê Cury / Adriana Molari/ Sid Etter

Gerente de Projeto: Henrique Della Manna

Aprovação Cliente:  Murilo Moreno, Heloisa Silva, Daniela Knofel

Fonte: CCSP