Uma crítica a Steve Jobs…

Dias depois da morte de Steve Jobs, eis que surge uma crítica aos milhões que choraram a morte do patriarca da Apple.

Faz sentido, não?

Por: @mikebigode

Varinha vira convite para promover o novo filme de Harry Potter

Um convite em forma de varinha mágica foi a ideia que pessoal da Giovanni+Draftfcb teve para promover o novo filme “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2″, que o BarraShopping exibiu para convidados especiais em uma de suas salas de cinema .

O convite, além de trazer as informações sobre a sessão especial, traz o título: “Assista à estreia mais esperada do ano num passe de mágica.”

comunicadores varinha harry potter convite  brasil varinha harry potter convite

Fonte: Comu

Criatividade contra a pena de morte

Alguns países ainda têm o hábito de condenar pessoas a pena de morte. Pensando em fazer algo para conscientizar e mobilizar as pessoas, a Biblioteca Nacional da França instalou dois painéis interativos simulando uma execução e onde o visitante pode ficar na “linha de tiro” e impedir o ato.

Depois, a pessoa pode usar o smarthphone e através de um QR Code assinar a petição contra este tipo de assassinato. Pelo menos é uma forma menos chata de colher assinaturas contra uma causa.

Fonte: Blogcitário

Morte de Bin Laden gera 5,1 mil tweets por segundo

Se na semana passada foi difícil para os internautas fugir do Casamento Real, entre a noite de domingo e durante toda esta segunda-feira foi praticamente impossível ignorar a morte do líder terrorista Osama Bin Laden.

A perceptível mudança de foco quanto à cobertura midiática fez com que o tráfego nos sites noticiosos desse um salto, de acordo com o Mashable.

A Akamai’s Net Usage Index, rede responsável por medir o tráfego de importantes portais no mundo e para os quais fornece conteúdo, registrou 4,1 milhões de page views por volta das 23h30 de domingo, enquanto o presidente Obama fazia o pronunciamento.

De acordo com a empresa, o fenômeno representa aumento de 28% no tráfego norte-americano e 24% no mundo, se comparado às médias normais.

Por representar apenas os sites sob a guarda da Akamai, o aumento pode não ter sido acompanhado pelos sites em geral com tanta força, mas nas redes sociais o assunto foi campeão.

Mais de 350 mil pessoas “curtiram” no Facebook a página que anuncia a morte de Bin Laden. E o Twitter registrou seu terceiro recorde de usabilidade do ano.

De acordo com a CNN, 5,1 mil tweets foram enviados por segundo por causa do discurso de Obama. Isso coloca o acontecimento atrás apenas da virada do ano no Japão (6,9 mil TPS)

Fonte: AdNews

Paquistanês narra ataque a Osama bin Laden

O ataque que matou Osama bin Laden foi narrado no site de microblogging Twitter em tempo real por um consultor de informática paquistanês.

Bem antes de a morte do líder da Al Qaeda ser noticiada pela mídia ou confirmada pelo presidente Barack Obama, Sohaib Athar, um morador de Abbottabad, de 33 anos, descreveu em tempo real, no Twitter, o ataque que acontecia a alguns quilômetros de sua casa, informa UOL, citando BBC.

Por volta de 1h da manhã desta segunda, horário local (17h de domingo no horário de Brasília), ele disse no Twitter que um helicóptero sobrevoava a região, algo raro, segundo ele.

Em seguida, ele descreveu “uma explosão capaz de sacudir janelas” e disse: “Espero que isso não seja o começo de algo desagradável“.

Pouco tempo depois, Athar informou que relatos online eram de que os helicópteros que sobrevoavam o local não eram paquistaneses.

Ele então fez a seguinte observação: “Engraçado, mudar para Abbottabad fazia parte da estratégia de ‘ficar seguro’“.

Athar teria deixado sua cidade natal, Lahore, e se mudado para a cidade – que abriga uma academia militar – para escapar da violência.

Em seguida, ele postou um mapa com a localização aproximada da explosão.

Quanto veio à tona a notícia de que Osama bin Laden havia sido morto no ataque, Athar começou a juntar e-mails que estava recebendo da imprensa e se descreveu no Twitter como “O cara que blogou ao vivo o ataque contra Osama sem saber“.

Fonte: CCSP