Hell is other people: o aplicativo de localização para fugir de pessoas indesejadas

Terminou o namoro? Brigou com a amiga? Quer fugir das inimigas, dar um perdido em alguém ou tá bolado e quer ficar sozinho? Seus problemas acabaram!

hell_is_other_people_main_article_2_1372420099_540x540

O norte-americano Scott Garner criou o Hell is other people, que tá sendo chamado de aplicativo antissocial por causa da sua função principal: acompanhar os seus “amigos” e calcular uma distância segura para você ficar livre dessa galera inconveniente.

O app usa as referências de localização do Foursquare e essas referências são passadas para um mapa que mostram os lugares que você deve evitar. Daí, você encontra 2 tipos de sinalizações no mapa: os pontos laranjas e os verdes. Os laranjas são os últimos 20 locais onde as pessoas evitadas fizeram check-in, e os verdes são os locais de maior probabilidade de um encontro acidental.

app-distancia-pessoas

No vídeo do aplicativo, seu criador diz também que o app é uma sátira, síntese do seu desdém pelas redes sociais, uma forma de lidar com a própria ansiedade social. Confira:


 
É como diz o personagem Joseph Garcin no livro Sem Saída, do filósofo e escritor francês Jean-Paul Sartre: “o inferno são os outros”!

(via Revista PEGN)

.
@junavarro

Onde você estava há 1 ano? O Foursquare sabe!

“O que você estava fazendo exatamente há 1 ano?” O 4squareand7yearsago responde.

A ferramenta criada por @bdotdub@jwegener e @mattraoul lhe envia um email todas as manhãs, contando o seu paradeiro no ano passado.

Se preferir o mesmo com o Facebook, existe o PastPosts.

Fonte: Brainstorm9

Playboy também é cultura

O mito que “ninguém lê as entrevistas da Playboy” não é exclusivo da versão brasileira da revista. Por isso, a Grey da Argentina fez uma ação ousada para divulgar o conteúdo da revista que não contém mulher nua, pelada e sem calcinha: as entrevistas com grandes personalidades.

Os criativos tiveram a audácia de trocar os pôsteres das playmates das paredes das oficinas mecânicas para colocarem no lugar as páginas contendo as entrevistas e, desta forma, eles organizaram uma espécie de museu ao expor as páginas em várias partes da oficina.

Como não poderia deixar de ser, teve cobertura da mídia e muita gente dando check-in no Foursquare, compartilhando fotos e tuitando sobre o lugar, gerando mídia espontânea tanto na mídia tradicional quanto nas redes sociais.

Fonte: Blogcitário

O que é Foursquare Playground?

A Microsoft se juntou com o Foursquare para criar um serviço que mostrasse a capacidade de geolocalização e leitura de HTML5 do novo Internet Explorer 9.

O serviço se chama Foursquare Playground (e sim, você precisa ter o IE9 para usá-lo, ou um similar como o Safari 5 e o Chrome 10). Basicamente, ele projeta uma cidade a partir da sua localização atual, com os locais próximos registrados no Foursquare representados por casinhas. Quanto mais elaborada a casa, mais popular o local é, e dá ainda pra ver quem está lá dentro no momento. Acesse aqui–> (link).

Fonte: Know or Never