A Bruxa está solta!

Não, não estamos falando daquele Job que está consumindo a sua massa cefálica. A bruxa está solta literalmente.

Hoje é o Halloween, tradicional festa norte-americana que surgiu entre os celtas que acreditavam que no último dia do verão os espíritos saíam dos cemitérios para tomar posse dos corpos dos vivos. #medo

A festa já foi condenada na Europa e, posteriormente, para “amenizar” a situação, foi criado o Dia de Finados.

No Brasil, o Halloween é comemorado com o Dia do Saci (oi?), como forma de exaltar a cultura e o folclore nacional.

Ok, chega de tanta história. O que importa é que a data é um motivo a mais para FESTA – e à fantasia, neste caso.

Como publicitários, certamente adoramos fantasias diferentes e, como pobres, que sejam baratas! Veja algumas dicas (so cute) e inspire-se!

Andy Warhol

Frida Kahlo

Van Gogh

Aproveite e veja aqui alguns anúncios que utilizaram o Halloween como inspiração, tema já abordado aqui do PP.

Trick-or-treat?

@_hrdias

#Sorteio – Aniversário de 3 anos do Scup!

Você conhece o Scup?
O Scup é uma das maiores ferramentas de monitoramento que existem, além de ser a mais utilizada em todo o país!

Pois é, e esse ano eles estão completando 3 anos! \o/

Para comemorar todo o sucesso em grande estilo, estão promovendo uma super festa, cheia de comes e bebes, na faixa! \o/

Maaaas, é apenas para convidados!
Calma, não precisa ficar triste, nós do #PublicitárioPobre em parceria com o Scup vamos te levar para essa festa!

Tá afim de ganhar esse ingresso?

Então acesse o link abaixo e dê um RT!

LINK

O resultado do sorteio sai hoje(16/08) as 18:00!
BOA SORTE! \o/

Obs: A festa é em SP, transporte não está incluído!

Antarctica abre barraca do beijo no Facebook

Quem gosta de festa junina vai se divertir com a novidade que a cerveja Antarctica acaba de lançar: a Barraca do Beijo. Instalada na fan page da marca no Facebook, ela faz parte das brincadeiras do São João da BOA, que está patrocinando as festas do santo no Rio de Janeiro (RJ) e Brasília (DF).

Pela fan page – que já conta com mais de  96 mil fãs –  já era possível saber onde e quando estão acontecendo as festas juninas do Rio e compartilhar as fotos tiradas nas quadrilhas. Agora, com a Barraca do Beijo, a comemoração fica ainda mais animada. Os beijos vão se espalhar pelo Facebook.

Para isso, basta o usuário entrar na página, clicar na plaquinha indicativa e chamar os amigos para participar. Eles receberão, em seus perfis, o aviso de que a barraca foi aberta e que eles estão sendo convidados a beijar quem os convidou.

Há duas opções: aceitar ou recusar. Ao aceitar, poderá ou não publicar a opção. Se permitir a publicação, o beijo vai para o mural de quem beijou e de quem foi beijado. Haverá até um ranking dos mais beijados do Facebook. E quem quiser beijar o gatinho ou a mocinha mais bonita, pode arriscar e pedir uma “bicoca”.

Os festejos de São João da Boa começaram na fan page, mas também estarão na  mídia tradicional com dois programetes com o ator Sergio Loroza, que estreiam na quinta-feira (14/07) em diversas emissoras. Nele, os espectadores serão convidados a visitar o hotsite,que os levará direto à página da Barraca do Beijo.

Fonte: Promoview

Yoki lança aplicativo para organizar festa junina

A Yoki lançou um aplicativo no Facebook para aumentar as vendas  durante os meses de junho e julho. A “Calculadora de Festa Junina” tem o objetivo de auxiliar os consumidores a organizarem comemorações típicas de maneira rápida e fácil. O sistema permite aos usuários calcular a quantidade de comida necessária, além de criar e divulgar toda a festa, por meio do convite online, com informações como data, horário e local. A ferramenta pode ser acessada a partir do site  da marca e foi produzida pela agência 3bits Estúdio Criativo.

Fonte: Mundo do Marketing

Ogilvy Brasil cria para Coca-Cola nos EUA

A Ogilvy do Brasil é a responsável por duas ações para as marcas Coca-Cola e Fanta. Ambas as criações foram concebidas pelo escritório brasileiro e executadas nos Estados Unidos.

Intitulada “Lift&Laught” a ação de Fanta, solicitada pelo escritório de Nova York da rede, buscava reforçar o posicionamento da marca, ao dizer que com Fanta o “único caminho é para cima”.

A agência então escolheu um elevador em uma escola na cidade de Atlanta para despertar risos e a curiosidade dos estudantes. Dentro do “meio de transporte” foi instalado um dispositivo que reagia aos movimentos e comentários dos alunos.

Algumas vezes repetia tudo que uma pessoa dizia para a outra. No caso do estudante estar sozinho no elevador, por exemplo, ao encostar numa parte da parede, um som simulava um choque.

Ao final da viagem, uma espécie de tapume se abria mostrando um refrigerador e diversas latas de Fanta. Bolinhas laranjas (cor da marca) eram jogadas, simulando uma festa.

As reações foram gravadas pela produtora Definiton 6. Muitas pessoas não queriam descer do elevador ou pediam para repetir a viagem. De acordo com Anselmo Ramos, diretor de criação da Ogilvy, a ação não faz parte de uma campanha específica e visa principalmente a consolidação da imagem que a marca, que é transmitir alegria.

 

O vídeo da ação nos elevadores

No caso de Coca-Cola, um viés mais emocionante foi adotado. A execução da ação foi aconteceu no Natal de 2010 com o nome de “Forgotten Letters”.

Tudo se passa na cidade de Santa Claus, no estado de Indiana, EUA. No local existe um museu que reúne diversos objetos relacionados à figura do Papai Noel e que há mais de setenta anos recebe cartas do mundo todo.

O anunciante e a agência escolheram 40 delas e foram procurar as pessoas que escreveram para entregar o presente. De uma boneca, a um cavalo, os  desejos eram diversos.

O resultado foi um comovente filme que traduz o conceito da Coca-Cola sobre acreditar, além de reforçar a magia do Natal. A produtora Hungry Man acompanhou a Ogilvy nessa jornada.

 

“As cartas esquecidas de Papai Noel”

O fato de as ações terem sido criadas para outros escritórios é algo comum dentro da rede Ogilvy. “Por sermos uma agência com trabalhos relevantes, somos convidados para a realização de vários pitchings globais. É uma prática recorrente no grupo”, relata Ramos.

Para o criativo, mesmo sendo filmes que não estão relacionados a uma campanha específica, o importante é a mensagem que eles passam e que amparam a marca na fixação de sua imagem. “Queremos sempre produzir conteúdo relevante, não importa a plataforma”, conta.

Ramos destaca que só o fato de as pessoas assistirem o filme, mesmo que no YouTube, gera discussões em torno do assunto e com as redes sociais, os usuários interagem e passam para frente a mensagem proposta pela marca.

Essa é a mesma receita que foi utilizada na criação dos cases “Conta de 73 mil” (que ganhou Ouro em Cannes) e “Drunk Vallet”, recém-lançado. Na ação, um motorista de estacionamento fingia estar bêbado e mesmo assim abordava os clientes para estacionar os veículos. O resultado foi um vídeo que mostra que nenhuma pessoa deixou um motorista alcoolizado dirigir o carro.

Fonte: Meio e Mensagem