“No meio do caminho havia…”

Calçadas esburacadas, mal conservadas e que dificultam o trânsito de pedestres, é um problema encontrado nas maiores cidades do mundo.

O decadente ponto a que chegaram as calçadas, levou o inglês Pete Dungey a criar o projeto Pothole Gardens, (jardins em buracos) uma maneira divertida e ecológica para amenizar o problema chamar a atenção das autoridades e da população

Em seu blog: http://thepotholegardener.com/, o inglês convida todos a participarem do projeto, além de divulgar as fotos que lhe são enviadas.

No meio do caminho havia...5 No meio do caminho havia...4    No meio do caminho havia...3 No meio do caminho havia...2

Aqui em São Paulo, não é novidade que um grande número de calçadas, encontram-se em péssimo estado de conservação, colocando em risco os cidadãos que transitam todos os dias por essas vias.

Com este mesmo conceito, em 2012 foi criado o projeto Curativo Urbano. Idealizado por cinco moradores de São Paulo e uma do Rio de Janeiro, ele descobriram uma maneira criativa de chamar a atenção para a problemática dos buracos nas calçadas. Com Band Aids gigantes, eles expressaram a necessidade de cuidar das calçadas, de sarar esses “machucados” que encontramos pelo caminho nas ruas da cidade.

No meio do caminho havia...

Mais informações acesse a fan page: https://www.facebook.com/curativosurbanos?fref=ts

Veja o vídeo de divulgação feito por eles…

Fonte: Planeta Sustentável; Catraca Livre; Curativos Urbanos

 @dani_pils

#MercedesBenz – O Carro invisível ao meio ambiente

Para apresentar seu novo veículo ecológico a Mercedes-Benz resolveu inovar e criar uma campanha muito diferente.
O conceito apresentado é de que o seu novo carro é tão sustentável que chega a ser invisível ao meio ambiente.
Com painéis de LED colados por todo o veículo, a impressão de que o mesmo era invisível era quase perfeita…

Veja os detalhes dessa campanha:

Criativa não?

.

@MikeBigode