#GilletteXProbak (ou BIC?) – Vai amarelar? Ou vai de Gillette?

Atenção fãs de provocações entre marcas, temos uma fresquinha para vocês! Olha só que sensacional esse ataque que a linha Gillette fez a Probak II neste novo filme! Mas opa, pera aí! Fazendo uma rápida pesquisa vimos que a Probak II já foi, ou ainda é (sim, não tenho certeza) da família P&G, então será que este filme é na realidade uma cutucada INDIRETA na linha de barbeadores da BIC?

Confira e tire suas próprias conclusões:

.

E aí o que acham? Este “amarelar” serve para a BIC? (:

.

@RenanBonfim

McDonald’s X Burger King – As alfinetadas continuam…

 

As alfinetadas entre o Burger King e o McDonald’s é antiga, e cada vez mais implicante, tudo faz parte de um duelo de certa forma saudável entre a concorrência.

Neste comercial que propavelmente é alemão, vemos mais uma destas alfinetadas incessantes!

Em um passeio pela internet encontrei um vídeo que se diz ser atual, mas como não podemos confiar nela, ai vai…

Uma coisa não podemos negar, as cutucadas da concorrência sempre são criativas e bem elaboradas!

Por: @mikebigode

Guerra das Marcas

É sempre muito interessante, e as vezes até engraçado, ver as marcas concorrentes brigando, cutucando, provocando, umas as outras em suas peças publicitárias, é a eterna guerra da concorrência que sempre vai rolar!

Mas olha só os trabalhos deste gráfico romeno Stefan Asafti! O cara remontou os logotipos de empresas como, Mc Donalds, Windows, Coca-Cola e outras muito reconhecidas no mercado, usando o logotipo dos principais concorrentes! É algo que com certeza deve estar fazendo os presidentes das empresas se coçarem bastante!

Mas apesar de ser uma provocação muito bacana, essas peças foram criadas somente para fazer parte de um projeto, e não são de fato cutucadas e retrucadas das próprias marcas, mas vale a pena dar uma olhada!

Olha só:

Mc Donald's X Burger King

Burger King X Mc Donald's

Coca-Cola X Pepsi

Pepsi X Coca

Apple X Windows

Windows X Apple

Canon X Nikon

Nikon X Canon

IE X Firefox

Firefox X IE

.

Para quem quiser conferir alguns detalhes destas peças e sobre o projeto, Clique aqui! Vale a pena!

Por: @RenanBonfim

Pepsico acirra disputa de chás com Coca-Cola

A Pepsico aumentou a dose de investimentos na marca Lipton para retomar a liderança do setor de chás prontos para beber, que registrou aumento de 12% no volume de vendas entre os meses de janeiro e abril desse ano. De acordo com a Nielsen, o mercado movimentou 64,5 milhões de litros em 2010, um índice 9,1% maior do que no ano anterior. O objetivo é dar um gole no share da Coca-Cola, líder do setor com a marca Leão Júnior, que detém 35% de participação. Os chás da linha Nestea, da Nestlé, ocupam a segunda posição, com 26% do mercado, seguida da Pepsico, que até 2003 era a maior marca do setor e hoje possui uma fatia de 13%.

Sem revelar cifras, a Pepsico garante que o aporte é um dos mais significativos dentro da verba de R$ 2,5 bilhões em investimentos anunciados pela Ambev, que produz e distribui os chás Lipton no Brasil, conforme informa a edição dessa quinta-feira do jornal Valor Econômico. Os recursos serão aplicados na mudança das embalagens do produtos Lipton, que agora serão acartonadas, além do lançamento de uma versão mate da bebida, sabor que responde por 50% do mercado de chás prontos no País. As outras variantes consumidas pelos brasileiros são o chá preto (30%) e verde (10%).

Perfil de consumo
Cada brasileiro bebe em média 0,8 litro ao ano de chás prontos para beber, um consumo inferior a países como Portugal, onde o volume chega a 21 litros por pessoa, e Estados Unidos, com 12,9 litros. Esse elevado potencial de crescimento explica a atração de novos recursos. De acordo com dados da Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e de Bebidas não Alcoólicas (Abir), o consumo do produto cresceu cerca de 10% em 2010, contra 6% dos refrigerantes.

Fonte: Meio e Mensagem

Garnier hidrata sua presença no Brasil

A Garnier quer deixar de ser conhecida no Brasil apenas como uma fabricante de produtos para os cabelos e se transformar numa marca de beleza. Essa transição ganhou força no último mês de março com o lançamento da Garnier Body Nutri Intensivo 7 Dias, linha composta por cinco hidratantes para o corpo. A novidade ganha no próximo domingo (1/5) uma campanha criada pela Publicis cujo objetivo é fortalecer a presença do maior investimento da Garnier em 2011 junto às mulheres. “A campanha reforça o lançamento de um produto decisivo para fazer da Garnier uma marca de beleza em linha com a sua atuação na Europa”, diz Pedro Janowitzer, diretor de marketing de Garnier.
Veiculada em todo o Brasil, a campanha é composta por filme nas tevês aberta e fechada, além de anúncios em revistas e ações no meio digital. A estratégia conta ainda com a distribuição de mais de 3 milhões de amostras, divididas entre publicações e os pontos-de-venda da marca, que englobam as redes de farmácias, supermercados e perfumarias.
O filme explora a intensa emoção provocada no início de um romance para destacar o principal atributo do produto, que promete uma hidratação prolongada por até sete dias, benefício conseguido por meio do HidraFix®, ativo proveniente de probióticos encontrados no iogurte, que impede a perda excessiva de água.

As cenas iniciais mostram um homem, que esbarra no ombro de uma mulher. Eles se encontram novamente depois e é justamente a lembrança da sensação de maciez que reaproxima o casal. “A comunicação da marca trabalha os códigos valorizados pela categoria, como toque, sensações e plasticidade”, explica Janowitzer. O Garnier Body Nutri Intensivo 7 Dias pode ser encontrado em embalagens de 200 ml, por um preço médio de R$ 6,15, nas versões Manteiga de Karité (pele extra-seca), Mel (pele sensível), Aloe Vera (pele normal), Manga (pele seca), e Manteiga de Cacau (pele morena).
A campanha leva a assinatura “Cuide-se”, que marca a comunicação da Garnier, também para o setor de hidratantes. A meta da Garnier é estar ao lado de Natura e Nívea, formando o grupo dos três maiores players do mercado brasileiro de hidratantes, que movimenta aproximadamente 280 milhões de unidades ao ano. “A decisão de entrar nesse segmento foi absolutamente estratégica, pois o uso de hidratantes cresce em ritmo acelerado entre as brasileiras e ainda há muito a ser explorado, especialmente junto à Classe C, que nos últimos anos passou a ter maior acesso a esse tipo de produto”, explica o diretor de marketing da Garnier. Em oito anos, a penetração do hidratante cresceu 26% nos lares brasileiros, de acordo com pesquisas realizadas pela empresa.
Em busca da beleza completa
O processo de transformação da Garnier numa marca completa de beleza começou em 2008 com o lançamento do desodorante Bí-O. Até então, a empresa vendia somente produtos para cabelos, como os shampoos Fructis e as tinturas Nutrisse. Pertencente à francesa L´Oréal, a Garnier chegou ao Brasil em 1998 justamente com a linha de colorantes Nutrisse. Hoje, os cientistas da Garnier desenvolvem produtos em parceria com o laboratório da marca no Brasil, cuja sede é no Rio de Janeiro.
A linha Garnier Body Nutri Intensivo 7 Dias é um exemplo. “A fragrância e a textura, duas das características mais valorizadas pelas brasileiras, é resultado desse trabalho em conjunto. A fórmula foi adaptada conforme as necessidades e preferências da consumidora e ao clima do Brasil”, lembra Janowitzer. Segundo estudos da marca, 62% das mulheres buscam uma pele macia, 47% querem uma textura não grudenta, outras 47% esperam ficar com uma pele hidratada e 42% dão preferência ao perfume ao comprar um hidratante.

Fonte: Meio e mensagem

Renault explode carro da concorrência ao vivo

Para divulgar o lançamento nacional do novo Fluence, a Renault permitirá que uma pessoa exploda um carro da concorrência, comprado pela montadora especialmente para a ocasião. A campanha, chamada de #queseexploda, foi criada pela agência ID\TBWA, e será transmitida ao vivo pelo brand channel da Renault, no Youtube.
A ação publicitária faz referência à publicidade da montadora francesa, na qual um consumidor, depois de andar no novo modelo da marca, acaba explodindo seu carro atual (veja o filme abaixo).
Para participar da ação online, os interessados devem cadastrar-se no hotsite e, em seguida, postar no Twitter uma frase dizendo qual o motivo que os levaria a explodir um carro. O autor da melhor resposta, que deverá ser acompanhada da hashtag #queseexploda, explodirá um carro, no dia 28 de abril, à partir das 8hs, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. A explosão propriamente dita aconetecerá apenas às 17hs.
O evento poderá ser acompanhado também pelo Facebook e através de banners nas homes dos portais MSN, iG, Yahoo, Terra, R7 e UOL.
A Renault promete, em parceria com a Neutralize Carbono, neutralizar toda a emissão de carbono gerada pela combustão da referida explosão, por meio de certificados de redução de emissão expedidos pela UNFCCC (United Nations Framework Convention on Climate Change), órgão da ONU para mudanças climáticas.

Veja o vídeo de divulgação:

Fonte: Meio e Mensagem