10 filmes para você repensar a interação digital

thesocialnetwork
Que o mundo real e o mundo digital hoje são a mesma coisa ninguém tem dúvida, né? Espero que tenha balançado a cabeça afirmativamente. Se não, tudo bem, há ainda quem divida vida real e vida digital. A experiência do usuário com o mundo digital, em especial com as redes sociais, se tornou para muitos um hábito, graças a interatividade, praticidade, colaboração e comodidade que proporcionam. Porém como em qualquer interação, seja ela online ou offline, há o modo certo e errado de fazer isso, e também as boas e más intenções. E aí cabe o que muitos pais costumam perguntar: Você tem feito isso certo? Sabe os riscos? Mais uma vez espero que tenha balançado a cabeça afirmativamente. Se ainda ficou indeciso, sem problemas, confira a lista dos filmes que definitivamente farão você repensar o modo como interage com o mundo digital.

Truman Show (1998)18459084.jpg
Convenhamos que a sensação de estar sendo espionado na internet é quase que idiota. Porque você realmente está. Porém tudo o que nos acompanha (anúncios, remarketing, sugestões e até perguntas do Facebook “você já viu esse filme?”), é resultado de nossos likes, páginas de interesses que seguimos, do histórico de navegação, de buscas, dentre outros. Nesse filme Truman Burbank é acordado de uma realidade, ao descobrir que a sociedade que vive é na verdade uma novela, com cenários e personagens escolhidos, na qual ele é o principal.

Mensagem Para Você (1998)mensagem
Quem nunca soltou a frase “que mundo pequeno”, ao conhecer alguém que é mais próximo do que imaginávamos? Com a era digital isso se tornou uma realidade ainda mais frequente. É comum você conhecer alguém nas redes sociais e posteriormente descobrir que esse alguém mora do outro lado da rua, ou até mesmo no apartamento ao lado. Extremamente romântico, esse filme mostra a história de duas pessoas que iniciam um relacionamento pela internet de forma anônima.

Menina Má.Com (2005)menina
Conhecer alguém pela internet pode ser algo bom, e já rendeu muitos casamentos mundo afora. Mas ao contrário do filme anterior, em Menina Má um homem (32) com comportamento duvidoso, e uma adolescente (14) marcam pela internet um encontro. Porém tudo muda quando a adolescente (que geralmente seria a vítima) passa a conduzir uma série de jogos psicológicos acusando-o de pedofilia.

Us Now (2009
usnow
Definitivamente esse é o modo ‘expert’ das redes sociais. Mas não é apenas isso. O documentário mostra a diversidade de possibilidades do mundo digital como engajamento, colaboração, segurança e administração pública. (Ou seja, o bom uso).

A Rede Social (2010)thesocialnetwork
Como começou a maior rede social do mundo? O que motivou sua criação? E que proporção tomou? (essa pra você que viu esse post no Facebook será fácil responder). Esse filme baseado na verdadeira história de Mark Zuckerberg e sua criação, o Facebook, responde essas e outras perguntas de um modo simples e objetivo.

Catfish (2010)
catfish
Já se apaixonou por algum fake do Orkut? Não lembra né? E do Facebook? Talvez nunca tenha acontecido com você, mas com certeza você conhece alguém que já. O que explica? O desejo de conhecer alguém especial é tão grande que não julga se é real ou não? E o que explica uma pessoa se passar por outra? Aceitação? Carência? Em Catfish você vai conhecer histórias reais de pessoas que se apaixonaram via internet.

Medianeras (2011)medianeras
Nossas interações não são mais as mesmas, ouvi alguém dizer. O filme Medianeras traz um retrato fiel do modo como vivemos e nos relacionamos nos dias atuais, principalmente em grandes cidade.

Desligados (2012)
Disconnect
Como se deligar do mundo ao mesmo tempo em que se está conectado a tudo? A vida íntima que cai na rede, a vida exposta, o cyberbullyingo super uso das tecnologias por muitas vezes negligente, é o que esse filme aborda sobre o olhar das plataformas como Facebook, Twitter e da mobilidade propiciada por smartphones e tablets.

Estagiários (2013)
osestagiarios
Tido por muitos como a Skynet (Exterminador do Futuro) ou VIKI (Eu Robô) o Google sem dúvidas é hoje o maior detentor de dados do mundo. Baseado em que? Simples, pesquise no Google. Nesse filme o Google serve de cenário para uma “comédia” estrelada por dois estagiários.

Her (2013)
Her
Cansado de ver filmes de batalhas entre humanos e máquinas pela dominação do mundo? Em Her você verá totalmente o oposto. Homem se apaixona por software inteligente. Isso mesmo, o personagem se sente atraído por Samantha, nome do seu Sistema Operacional. Confesso que faltam palavras para descrever esse filme, que é uma mistura de futurismo e presente, além de ser um filme excelente.

Mas se você ainda acha que não há nada demais com o mau uso: Takethislollipop

Por: Fê Mendonça

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s